PT e PP

Há algum tempo escrevi que não tem nada de errado em se buscar apoio político. Que “negociar, dialogar, ceder, são coisas necessárias à convivência humana e, consequentemente, política”.

Mas ontem houve a declaração de apoio de Maluf ao PT.

Bem, o PP já foi PDS, que já foi Arena…

Bem, do lado da Arena (partido do “sim, senhor”), eles apenas estão fazendo o que fizeram desde sempre, aderiram ao governo (vê-se, agora, que pode ser qualquer governo – aliás, eles já são da base, o que significa que o apoio não é estranho, mas ter Maluf na foto é simbólico, e símbolos são importantes pois tornam as coisas visíveis).

Do lado do PT, essa aliança é estranha, muito estranha.

Já do lado de Lula, o conciliador-mor, não é tão estranho assim.

No ‘Vi o Mundo’, o Azenha faz o seguinte comentário, “Todos […] simulando estupefação com a aliança”. De fato, a aliança não surpreende. Não faz sentido fazer de conta que é algo estranho. Como sabemos, o PP faz parte da base e o Haddad já havia anunciado que buscaria fazer aliança com todos os partidos da base do governo federal.

O histórico de Lula também demonstra que ele não se importa em reunir no mesmo fusca gregos e goianos.

Isso mostra que PHA tem razão e Lula é um trabalhista, ou seja, busca a conciliação entre capital e trabalho, ou, dito de outro modo, representa mais uma modernização conservadora.

É… parece que não existe mesmo mais esquerda no Brasil… ou você acredita no PSOL?

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s