Pinheirinho

Não moro em São José dos Campos (nem no Estado de São Paulo), logo não vou falar da desocupação.

Vou falar da imagem disponibilizada pelo Estadão aqui. A cena é singela, três policiais caminham (não correm, não demonstram nenhuma urgência), encontram um homem que, ao vê-lo, para e levanta as mãos (como quem se rende), ao que um policial começa a bater no homem com um cacetete. Acerta-o várias vezes no flanco e, depois que o homem consegue se afastar um pouco, os policiais seguem seu caminho tranquilamente.

Ora, se não o prendem, se não o perseguem, é porque não viram nenhuma ação que constituí-se delito (caso contrário estariam falhando em sua obrigação). Então, bateram por quê? Porque podem?

Coincidentemente, claro, o “suspeito” que foi espancado é negro. Coincidência pura.

Coincidentemente, parece pobre.

Coincidentemente, estava indefeso diante de três policiais e não representava nenhuma ameaça.

O pior é que a notícia é tratada pelo Estadão como se fosse um “engano”, afinal, os policiais acharam que o homem tinha atirado uma pedra neles (o que o homem nega veementemente).

E eu me pergunto, e mesmo que ele tivesse atirado a pedra? (o que duvido) Os policiais têm a competência legal de julgá-lo? Condená-lo à pena de espancamento? Esta “douta corte” que o julgou e condenou, também ela tem o direito de aplicar a pena?

E isso ocorre num Estado que se diz de direito… Constituição, pra quê, né? Direitos civis, então?

Será (só “será”) que foi abuso de autoridade? Crime de tortura?

Ou apenas liberdade de expressão?

[ATUALIZAÇÃO de 27/01/2012]

Saiu no jornal Folha de São Paulo que em SP, a cada 5 assassinatos, 1 foi cometido pela polícia. Coincidência em relação à atitude do vídeo acima? Claro que não. O uso exagerado e desnecessário da força torna-se um hábito com consequências nefastas para a sociedade.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notas rápidas, Outras coisas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s