Casamento entre pessoas de mesmo sexo

Ontem, 27/06, celebrou-se o primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo no Brasil.

Tratou-se da conversão de um contrato de união civil em certidão de casamento.

Foi um dia importante para os direitos civis no Brasil e para o reconhecimento das minorias.

Há muita gente contra – e confesso que sou incapaz de entender o porquê.

Trata-se de um ato da vida civil de duas pessoas e que só diz respeito a elas. Regulamenta a divisão de bens e direitos de sucessão. Todos têm o direito de cuidar da própria vida, não é mesmo?

Mas alguns pseudo-moralistas são contra. Pseudo-moralistas pois o tema não tem nada a ver com moralidade… aliás, moral e correto é permitir que pessoas que dividem a vida possam normalizar os aspectos legais dessa convivência.

Há também religiosos que são contra. E aí é que a coisa fica mais estranha ainda, afinal, o casamento civil não é um ato religioso e não tem nada a ver com religião, mas, como o próprio nome diz, com a vida civil das pessoas. Daí, os religiosos não têm nada de se meter nessa conversa.

Sobre os religiosos, é importante destacar que são os cristãos os que implicam com o casamento civil entre pessoas de mesmo sexo. E, acredito, isso relaciona-se a uma vital característica do cristianismo: a intolerância. O cristianismo parece precisar de um inimigo a combater, sempre, desde o Imperador romano, passando pelos pagãos, hereges, índios (converta-se ou morra), uns aos outros (protestantes x católicos), comunistas e, agora, minorias. Afinal, se não estão professando a ‘única’ verdade, como poderiam ter a exclusividade da salvação? Assim, dessa fixação em ‘única verdade’, passam à fixação numa ‘única interpretação correta da bíblia’, a um ´único estilo de vida correto’, ‘único …tudo’ e passam a tratar qualquer desvio ao que consideram ser a ‘única norma correta’ como um pecado terrível que não pode ser tolerado. Pena, pois dizem que adoram o deus de amor, mas só expressam ódio e intolerância…

Anúncios
Esse post foi publicado em Afins. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s