Bolsonaro e Aleluia

Segunda-feira foi ao ar uma entrevista do deputado Jair Bolsonaro em que ele distilava preconceito por todos os poros. Padece até da possibilidade de perder o mandato e ser processado criminalmente por racismo.

Ontem o ex-deputado José Carlos Aleluia publicou uma carta aberta à Universidade de Coimbra em que questiona a outorga do título de doutor honoris causa ao ex-presidente Lula.

Esses são dois exemplos do baixo nível de nossa direita.

Essas pessoas, suas palavras e comportamento apenas demonstram incapacidade de aceitação do diferente, de um mundo mais complexo que oposições binárias. O preconceito de gênero, classe, cor, são atavismos crônicos de nossos conservadores. E a discrepância entre estes atavismos e o mundo real é tão grande que seus porta-vozes tornam-se caricaturas. Este homens não são políticos nem representantes de nada. São apenas caricaturas ou, se muito, personagens rocambolescos de alguma comédia ruim, muito ruim.

Infelizmente, porém, ainda possuem pares. Ainda encontram eco para os absurdos que escrevem, fala e (pior) pensam. Pensam? Será que isso pode-se chamar ‘pensamento’, ou seria alguma outra função corporal… digestiva, talvez?

De qualquer modo, são o exemplo vivo do Brasil do século XVIII que ainda nos assombra.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notas rápidas, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s