São os sindicatos, estúpido!

 

O Juan Cole publicou um guia com 5 mitos sobre a cobertura da imprensa sobre o Oriente Médio (traduzido e reproduzido no Vi o mundo).

O mito nº 1 é:

1. É mito que Facebook e Twitter tenham sido as principais forças de mobilização: os sindicatos foram muito mais importantes, nos levantes populares no mundo árabe

Apesar da importância de Facebook e Twitter como ferramentas de comunicação e mobilização, os sindicatos e as organizações de fábricas foram mais importantes nos levantes no Oriente Médio, que a mídia social. Na Líbia, o ataque do regime contra os serviços de internet não impediu um grande levante em Benghazi, que o regime reprimiu com extrema violência.”

Já havia falado rapidamente disso aqui, da importância dos sindicatos e dos trabalhadores que desejam não só melhores salários como melhores condições de trabalho e vida mais digna.

E nós brasileiros deveríamos conhecer muito bem essa história, afinal nossa própria ditadura caiu após uma série de greves no fim da década de 1970 (num movimento lento de “Abertura”, mas caiu). Não há melhoria de qualidade de vida sem democracia. Pode demorar, mas os trabnalhadores percebem isso. E não há verdadeira democracia sem trabalhadores organizados.

Dizem, não sei, que um alemão de nome Karl já havia falado algo sobre o potencial revolucionário dos trabalhadores… talvez ele fosse demasiadamente otimista, mas parece que ele tinha alguma razão, não é mesmo?

Anúncios
Esse post foi publicado em Notas rápidas, Outras coisas, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s