Sobre a ideologia do PCdoB

Acabei de ver no Poder Online que o PCdoB fechou aliança com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, do DEM… isso, os “comunistas” do PCdoB se aliaram ao DEM.

Peraí… comunistas?

Agora estou com dúvidas. Sérias dúvidas sobre isso.

Certa vez ouvi alguém se posicionar contra a cláusula de barreira pois ela prejudicaria partidos pequenos mas históricos e de importante representação ideológica, como o PCdoB.

Pois bem, agora prova-se que não existe essa de partido ideológico. E o PCdoB provou-se tão ideológico quanto o Kassab.

Interessante, não?

Pena que a cláusula de barreira foi derrubada no STF, pois de partidos ideológicos como esse o país está cheio…

[EDITADO a partir daqui]

Esse post é meu campeão de visualizações. Creio que as pessoas vem procurar uma definição do que é o comunismo e sua ideologia, mas acabam encontrando outra coisa. Bem, tentando atender esse público, insiro algumas informações e sugestões.

  1. O Partido Comunista nasceu no Brasil em 1922. Denominava-se Partido Comunista do Brasil, mas a sigla era PCB;
  2. Em 1956 Nikita Kruschev, que havia se tornado o líder da antiga URSS, denunciou os crimes de Stalin e iniciou algumas reformas na União Soviética e na organização do movimento comunista internacional – por exemplo, sugere que os partidos comunistas iniciem uma fase de convivência com o capitalismo, aliás, sugere que ajudem no desenvolvimento da burguesia nacional. Em 1958 o PCB muda de nome, passa a ser Partido Comunista Brasileiro, mantendo a sigla PCB, reorganiza-se e passa a ter um perfil mais nacionalista e desenvolvimentista, deixando para uma outra fase qualquer pretensão de mudar nosso modo de produção, de capitalista para socialista, ao menos antes de desenvolver as forças produtivas nacionais ao extremo;
  3. Em 1960, integrantes do PCB que rejeitam as mudanças no partido fundam o PCdoB, para manter o nome original de Partido Comunista do Brasil, e seguem fiéis às orientações anteriores a 1958. Daí pra frente, os comunistas seguiram divididos.

Mas, o que querem os comunistas?

Pelo histórico acima, você mesmo pode concluir que depende.

Gostaria de sugerir o livro “Marx estava certo”, de Terry Eagleton. Nele há uma apresentação bem didática das críticas que se fazem ao marxismo e suas respostas.

Note-se que o socialismo é anterior a Marx, mas ele foi o principal teórico do movimento e, quer seja para concordar ou para criticá-lo, trata-se de leitura obrigatória.

Espero ter ajudado. Se alguém tiver dúvidas, deixa na caixa de comentários que eu respondo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notas rápidas, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s