Os papéis palestinos

A Al-Jazeera obteve 1.600 documentos internos da Autoridade Palestina e os está divulgando, num movimento “tipo-wikileaks”.

Pelo que li, só revelam a fragilidade da AP (e do Fatah) e como, apesar dos palestinos flexionarem o verbo ‘conceder’ em todos os tempos e formas, o Estado de Israel não tá nem um pouco a fim de abrir mão de nada.

A AP chegou a aceitar os assentamentos ilegais, o que significa uma redução de suas fronteiras e, mesmo assim, o EI não topa nada.

No fundo, condoo-me cada vez mais dos palestinos, que se vêem cada vez menos representados tanto pela AP como pelo Hamas, vide o protesto de jovens palestinos pelo facebook, que começa singelamente “Fuck Israel. Fuck Hamas. Fuck Fatah. Fuck UN. Fuck UNWRA. Fuck USA! We, the youth in Gaza, are so fed up with Israel, Hamas, the occupation, the violations of human rights and the indifference of the international community![…]” (vc tem de estar no facebook para ver, mas se não estiver, ele também está disponível no site do Guardian).

Anúncios
Esse post foi publicado em Afins, Notas rápidas, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s